TICKETSPERU.COM logo


Machu Picchu tickets: we have availability for sold out dates! See more information.

Conhecendo Arequipa, cidade no Peru

Arequipa é a capital da era colonial da região de Arequipa, no Peru. Está rodeado por 3 vulcões e tem edifícios barrocos feitos de silhar, uma pedra vulcânica branca. No seu centro histórico se encontra a Plaza de Armas, uma imponente praça central, e ao norte fica a neoclássica Catedral Basílica do século XVII, que abriga um museu onde estão expostas obras de arte e objetos religiosos.

Por que visitar Arequipa?

Arequipa é a segunda cidade mais habitada do Peru, considerada uma das regiões mais bonitas do nosso país, pela arquitetura de seus prédios, pela gastronomia, pelas paisagens impressionantes, por seus imponentes vulcões e por ter o Canyon mais profundo do Mundo.

10 MOTIVOS PARA VISITAR A AREQUIPA, PERU


O Peru é conhecido principalmente pela cidade inca de Machu Picchu, a selva amazônica e as alpacas, mas pesquise um pouco mais e você descobrirá que é um centro de história e tradições muito diversas, tão variadas quanto as paisagens e climas que abundam no país. . Aqui estão dez razões pelas quais você deve visitar Arequipa, Peru:

1. A CIDADE BRANCA Arequipa é quase inteiramente construída com silhar, um tipo de pedra branca vulcânica que emergiu de uma erupção vulcânica há centenas de anos. Este material de construção único confere à cidade um carácter distinto, bem como a sua alcunha, a Cidade Branca.
2. UMA CIDADE AUTÊNTICA Ao caminhar com Arequipa, tem-se a impressão de não estar em uma parte movimentada da cidade. Os residentes não estão sentados, esperando sua chegada. Você está apenas de passagem, observando uma comunidade florescente em seu próprio ritmo, e isso é realmente revigorante.
3. LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA Arequipa está localizada no sul do Peru, perto da fronteira com o Chile e a Bolívia, tornando-se um lugar de passagem ideal para muitos viajantes que vão para o sul de Lima e Cuzco, ou para o norte se você viajar das partes baixas de América do Sul. . Fica a apenas 4 horas do Oceano Pacífico, com belas praias de surfe quase desertas. 3 horas na direção oposta está o Canyon Colca, com vulcões ativos e cobertos de neve, bem como oportunidades para belas caminhadas. Além de ser um importante centro de rotas de ônibus no Peru, Arequipa também possui um aeroporto próprio, que oferece viagens locais e internacionais para o resto da América do Sul.
4. VULCÕES E MONTANHAS Arequipa fica em uma espécie de tigela geológica, cercada por vulcões, alguns extintos, outros inativos, e alguns ainda ativos! El Misti, Chchani e Picchu Picchu são atraentes para viajantes e alpinistas de todo o mundo. Chegar ao topo do Misti vai desafiar o seu físico, pois tem quase 6.000 metros de altura. Este é o maior desafio de Arequipa; muitos tentam escalá-lo em dois dias, apenas para jogar a toalha e cair com náuseas, tonturas e o nariz sangrando da altitude. Se você está procurando algo menos intenso, pode sempre aproveitar passeios mais tranquilos por Arequipa, como o Vale do Chilina, próximo a Yanahuara.
5. A COMIDA Arequipa tem uma das melhores ofertas gastronômicas da América do Sul, da pimenta recheada com adobo ao ceviche e camarão. Os melhores lugares para experimentar a comida local são as picanterías - restaurantes locais que servem uma seleção limitada de alimentos frescos, preparados na hora.
6. A PLAZA DE ARMAS O centro da cidade é um ponto importante de todas as atividades e celebrações em Arequipa, e a Catedral de duas torres tem o lugar central no meio da Plaza de Armas. O centro histórico foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2000; os edifícios de rocha branca vulcânica são uma combinação única da Europa colonial, o barroco e o indigenismo. Você não precisa ser um arquiteto ou historiador para apreciá-lo, como a sensação e a atmosfera criadas por suas passagens, paredes de pedra e decorações complexas.
7. A MÚMIA JUANITA Descoberta em 1995 no Monte Ampato, a múmia Juanita é o corpo de uma jovem inca que, aparentemente, foi sacrificada como parte de um ritual aos deuses entre 1450 e 1480. Seu corpo está muito bem preservado porque foi encontrado congelado e naturalmente mumificado. A múmia Juanita pode ser vista no Museu dos Santuários Andinos de Arequipa. Eleita uma das 10 melhores descobertas do mundo pela revista Time, é algo que você não pode perder.
8. ESTRADA PARA O COLCA CANYON O Colca Canyon está localizado a apenas 160 quilômetros a noroeste de Arequipa e cercado por montanhas cobertas de neve e vulcões. As pessoas costumam presumir que o Grand Canyon é o cânion mais profundo do mundo, mas na realidade é apenas o terceiro. A 4.160 metros acima do nível do mar, Colca é o segundo cânion mais profundo do mundo, superado apenas por seu irmão peruano mais velho, Cotahuasi. Aqui você encontrará vistas incríveis, o ar puro da montanha, condores gigantes e fontes termais vulcânicas, tudo a poucas horas de Arequipa.
9. MOINHO DE SABANDIA A poucos minutos da Plaza de Armas, este moinho histórico data do ano de 1622, deteriorando-se até ser restaurado em 1970. e cercado por montanhas com picos nevados e vulcões. As pessoas costumam presumir que o Grand Canyon é o cânion mais profundo do mundo, mas na realidade é apenas o terceiro. Os prédios e jardins foram transformados em um paraíso escondido para os turistas e residentes de Arequipa explorarem e relaxarem sob a sombra de salgueiros-chorões. É o lugar perfeito para fazer um piquenique e fugir do calor e da atividade da cidade.
10. TRANSPORTE LOCAL Existem muitas empresas privadas que operam ônibus raquíticos (ou combis) por dezenas de rotas incompreensíveis pela cidade. Como visitante, porém, esses ônibus são muito divertidos se você quiser um pouco de aventura e custam menos do que um novo sol.
Você precisará pedir ajuda aos moradores locais para saber qual ônibus pegar, pois não há registro escrito das direções e rotas dos ônibus. Apenas relaxe e aproveite o caos!